top of page

Solução focada em histórico de saúde dos pacientes vence batalha de startups da Health Meeting



Um dos grandes desafios do sistema de saúde é a interoperabilidade — ou seja, a comunicação das diferentes instituições sobre o histórico dos pacientes. Como unir isso tudo em um só lugar e facilitar o acesso das pessoas a essas informações? Foi com esse objetivo que surgiu a ehDoc, solução vencedora da batalha de startups da Health Meeting, feira internacional da saúde que ocorreu entre os dias 2 e 4 de setembro, no Prédio 40 da PUCRS, em Porto Alegre.


Sediada no Unitec, da Unisinos, a empresa lançou sua plataforma há apenas um mês e, em sua primeira batalha, conquistou R$ 200 mil que serão investidos na aceleração do negócio, por meio da VENTIUR, aceleradora e investidora de startups. "É a realização de um sonho. A ehDoc inverte a lógica do sistema, colocando na palma da mão todos os dados do paciente, para levar a informação ao consultório, laboratório — e alimentar a plataforma com aquela interação que teve", conta Ana Lúcia Roth, COO da empresa, que recebeu a premiação ao lado do CEO Alexandre Roth.


Quarenta startups de diferentes estados se inscreveram para participar da batalha. Destas, 12 foram selecionadas para fazer seu pitch no Palco de Inovação SebraeX, na segunda e terça. Durante cinco minutos, os empreendedores defenderam suas soluções para uma banca avaliadora, formada por gestores, médicos e empresários. Seis negócios foram para a grande final, na quarta.


Agora, a ehDoc contará com o apoio da VENTIUR para estruturar seu negócio, como reuniões semanais, construção de máquina de vendas, estratégia de marketing, validação do produto e conexão com outras startups. "É muito importante estarmos em um evento da saúde, que é uma das nossas verticais prioritárias — e tendo também a oportunidade de gerar novos investimentos e parcerias com empresas do setor", afirmou Guilherme Kudiess, diretor de operações da VENTIUR.


Palco Inovação SebraeX


As startups tiveram lugar de destaque na Health Meeting, que teve o Palco Inovação SebraeX. Ao longo dos três dias, ocorreram palestras especiais com temas como certificação funcional, rastreabilidade, economia prateada, regulação e uso de ferramentas digitais.


"O Rio Grande do Sul sentia carência de ter um evento como esse. Nos unimos a essa iniciativa para trazer conhecimento, inovação e networking que as empresas precisam para se conectar", destaca Paula Machado, analista de projetos do Sebrae. Além da batalha, as startups tiveram espaço para exposição durante os três dias da feira.


No palco, também ocorreu o pitch reverso, onde instituições levaram suas dores para que as healthtechs ofereçam soluções. "Foi um momento muito rico, as pessoas estavam curiosas para conferir as soluções e fazer essa conexão", diz Aline Janssen, coordenadora do Palco da Inovação. No espaço, foi realizada ainda a Jornada Uni4Life da Health Alliance.


Fonte: Antônio Purcino / Sindihospa

Foto: Gabriela Carpes

26 visualizações

Comentarii


bottom of page