top of page

Plataforma de Mapeamento da Saúde é lançada no Rio Grande do Sul


Foto: FundMed

Na última quarta-feira (26/04), ocorreu o evento de lançamento da Plataforma de Mapeamento da Saúde no estado do Rio Grande do Sul. A iniciativa faz parte do Projeto RS Saúde Digital, cujo objetivo é fomentar o desenvolvimento de soluções inovadoras e digitais centradas no cidadão para a área da saúde. O projeto foi desenvolvido por meio do Programa Inova RS da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do RS, coordenado pela Universidade Feevale, e realizado em parceria com a FundMed, além de outros atores do ecossistema de inovação como o Sebrae RS, Palma IoT, Prefeitura de Porto Alegre, e SindiHospa.


O evento ocorreu na sede SM 638 da FundMed, e foi transmitido online. A gravação está disponível no canal do YouTube da FundMed.


RS Saúde Digital

Na plataforma, que já pode ser acessada em rssaudedigital.com.br, os cidadãos têm acesso a indicadores e informações referentes a startups ativas na área da saúde, hospitais públicos e privados, instituições acadêmicas com seus cursos de graduação e stricto sensu e ações de inovação que impulsionam o ecossistema de inovação na área da saúde, além de parques tecnológicos, hubs, incubadoras e espaço para divulgação de notícias e eventos, visando conectar os atores das quatro hélices da inovação em saúde no ecossistema do município de Porto Alegre e do estado. Além disso, um dos objetivos principais da criação do mapeamento é que os dados da saúde no RS não sejam mais tão pulverizados, facilitando a busca de qualquer interessado.

Relevância do mapeamento

Conforme o secretário de Inovação de Porto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, a entrega da plataforma é muito importante enquanto construção coletiva para identificar os diferentes atores em relação à saúde, que é um dos pilares estratégicos para o desenvolvimento da inovação em saúde. “Atuar em rede é fundamental. A regra do jogo hoje é a colaboração. Essa plataforma é a versão 1.0, ela tem de ter a versão 2.0, 3.0, ela tem de ser viva para que ela tenha conexão com o ecossistema. Somos diversas entidades importantes, devemos colocar links para a plataforma nos nossos sites, é vital que a gente mostre que cada um está dando um suporte, isso traz permeabilidade e legitimidade para o mapeamento”, sugeriu.


Na opinião de Ana Maia, presidente da FundMed, a plataforma vai possibilitar muito mais do que a reunião de informações da área da saúde em um único local, seja em relação à assistência, ao ensino ou a eventos, por exemplo. “Muito mais do que isso, vai aproximar os principais atores da saúde e servir como um guia da saúde do RS. E essa conexão terá uma complementariedade, pois quem vai se beneficiar dessa cooperação será o nosso paciente, a população”, pontua, complementando que a FundMed gerenciará a plataforma na condição de organização sem fins lucrativos, e está aberta a cooperações.

A partir da entrega, a ferramenta será gerida pela FundMed, e será abastecida de forma colaborativa por todos os interessados em contribuir com o mapeamento da saúde. “Quanto mais pessoas utilizarem, mais confiável será a nossa fonte de dados, que poderá servir como base para pesquisas, estudos, negócios e networking. Além disso, todos os dados são tratados de forma segura conforme a Lei Geral de Proteção de Dados”, afirma Morgana Piazenski, analista de Comunicação da FundMed.

“A saúde é um segmento em que a colaboração é chave. Para transformar o impossível em possível, é preciso coragem e propósito. O lançamento da plataforma é uma entrega conjunta a partir de um trabalho que busca de um ecossistema de saúde gaúcho mais conectado, integrado, eficiente e seguro”, destaca a coordenadora de projetos de saúde do Sebrae RS, Ana Paula Rezende.

Faça parte

Para colaborar com a plataforma é possível enviar dados de hospitais e graduações da área da saúde da sua cidade, eventos, editais e demais iniciativas pela página rssaudedigital.com.br/colabore/. O mapeamento abrange informações de todo o RS.

Para dúvidas e sugestões, é possível entrar em contato pelo e-mail saudedigital@fundmed.org.br.


Fonte: FundMed

10 visualizações

Comments


bottom of page